Menu

Aprofundamento da Fé

     Catequese
     Alicerce

Celebração da Fé

     Liturgia

Missão

     Conselho Pastoral
     Gestão da Casa
     Missões
     Cultura

Outras Opções

     Links
     Sugestões
     Envio de Notícias
     Livro de Visitas

Liturgia
Leituras de Segunda-feira, 28 de Julho 2014


Segunda-feira da 17ª semana do Tempo Comum

Livro de Jeremias 13,1-11.

O Senhor ordenou-me: «Vai comprar uma faixa de linho e cinge com ela a tua cintura, mas não a metas na água.»
E eu comprei a faixa, de acordo com a palavra do Senhor, e com ela me cingi.
Foi-me dirigida, pela segunda vez, a palavra do Senhor:
«Toma a faixa que compraste, e que trazes contigo, e encaminha-te para as margens do Eufrates, e esconde-a ali na fenda de uma rocha.»
Fui e escondi-a, junto do Eufrates, como o Senhor me havia ordenado.
Passados muitos dias, disse-me o Senhor: «Põe-te a caminho, em demanda das margens do Eufrates, a fim de buscar a faixa que, conforme as minhas ordens, ali escondeste.»
Dirigi-me, então, ao rio e, tendo cavado, retirei a faixa do lugar onde a escondera. Vi, porém, que a faixa apodrecera e para nada mais servia.
Então, o Senhor falou-me nestes termos:
«Isto diz o Senhor: ‘Da mesma forma, farei apodrecer a soberba de Judá e o grande orgulho de Jerusalém.
Este povo perverso, que recusa ouvir as minhas ordens, que segue a obstinação do seu coração e vai atrás de deuses estranhos para os servir e adorar, tornar-se-á semelhante a esta faixa, que para nada serve.
Assim como uma faixa se liga à cintura de um homem, assim Eu uni a mim toda a casa de Israel e a casa de Judá para que fossem o meu povo, a minha honra, a minha glória e a minha ufania. Eles, porém, não me escutaram’» –oráculo do Senhor.

Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinh

Livro de Deuteronómio 32,18-19.20.21.

Desprezaste o Rochedo que te criou,
esqueceste a Deus que te deu a vida.
O Senhor viu isso e irritou-se,
provocado por seus filhos e filhas.

E disse: 'Vou esconder deles a minha face,
verei qual será o seu futuro,
porque eles são uma geração rebelde,
filhos em quem não se pode confiar.

Fazem-Me ciúmes com o que não é Deus,
irritam-Me com seus ídolos vãos.
Eu é que lhes farei ciúmes com um que não é povo,
com uma nação insensata os irritarei.'


Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinh

No Text
Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinh

Evangelho segundo S. Mateus 13,31-35.

Naquele tempo, Jesus disse ainda à multidão a seguinte parábola: «O Reino do Céu é semelhante a um grão de mostarda que um homem tomou e semeou no seu campo.
É a mais pequena de todas as sementes; mas, depois de crescer, torna-se a maior planta do horto e transforma-se numa árvore, a ponto de virem as aves do céu abrigar-se nos seus ramos.»
Jesus disse-lhes outra parábola: «O Reino do Céu é semelhante ao fermento que uma mulher toma e mistura em três medidas de farinha, até que tudo fique fermentado.»
Tudo isto disse Jesus, em parábolas, à multidão, e nada lhes dizia sem ser em parábolas.
Deste modo cumpria-se o que fora anunciado pelo profeta: Abrirei a minha boca em parábolas e proclamarei coisas ocultas desde a criação do mundo.

Da Bíblia Sagrada - Edição dos Franciscanos Capuchinh

Da Bíblia Sagrada

Comentário ao Evangelho do dia feito por: Papa Francisco «O Reino do Céu é semelhante ao fermento»

Hoje a Igreja celebra: S. Vítor I, papa, +199,  Beata Maria Teresa Kowalska, virgem e mártir, +1941


Para saber mais, ter acesso a outras leituras ou receber todas as manhã o Evangelho por correio electrónico, visite: www.evangelhoquotidiano.org

Voltar para a página anterior